Desenvolva sua carreira: 3 dicas para acelerar o aprendizado do Inglês

Com o agravamento da crise política e econômica, o mercado de trabalho torna-se sempre mais competitivo. Neste cenário o domínio do inglês, que já era importante, torna-se critério de desempate em processos seletivos para praticamente qualquer função ou nível hierárquico em uma empresa. Mas a barreira do idioma pode ser transposta, e isso não precisa ser algo tão traumático. Claro que você precisará de determinação e força de vontade (além de um bom professor, é claro), mas algumas dicas simples podem ajudar a acelerar seu aprendizado.

Segundo o psicólogo, linguista e educador Chris Lonsdale, o aprendizado de um novo idioma envolve expansão de limites, e que para isso não se precisa de talento, mas sim de objetivos claros. E como um novo idioma é parte de uma cultura diferente, muitas das construções nos parecerão estranhas. Portanto, é muito importante que o aluno esteja pronto a aceitar e consiga lidar com um certo nível de ambiguidade. Não se prenda a palavras individuais, dê mais importância ao contexto.

aprendizado0

De acordo com um estudo da EF – Education First, empresa especializada em intercâmbio cultural, o Inglês é visto como a principal língua internacional. Para este estudo, foram pesquisados mais de 910.000 adultos em mais de 70 países através de resultados de testes online. No ranking dos países com maior proficiência no idioma inglês o Brasil figura em 41º lugar, atrás da maior parte dos países latino-americanos. Entre os dados apresentados para cada país está a percentagem do PIB dedicada à educação. Curiosamente a Suécia, primeiro colocado da lista, investe 13,2% de seu PIB em educação, enquanto nós investimos 14,6%. Em outras palavras, investimos muito mas investimos mal.

Isto é apenas mais um dos indicadores que confirma o que todos sabemos: no Brasil, a educação, seja ela pública ou privada, é um problema. De políticas ineficientes ao famoso “decoreba”, passando por superfaturamento e corrupção, tudo ajuda a atrapalhar a educação do brasileiro – e, consequentemente, a diminuir seu nível de proficiência em inglês. O estudo da EF aponta algumas estratégias utilizadas por países com alto índice de proficiência. Por coincidência, algumas destas estratégias coincidem com as estratégias apresentadas por Chris em sua palestra no TEDx da Universidade Lingnan em Hong Kong (palestra em inglês). Você pode usar essas estratégias para acelerar seu aprendizado do inglês:

  • Busque a relevância. Por que você quer aprender um novo idioma? Se você quiser encontrar um novo emprego ou busca uma promoção, naturalmente seu nível de interesse aumenta, o que facilita o aprendizado. Faça com que o Inglês seja relevante para você.
  • Use o idioma desde o primeiro dia. O aprendizado de um idioma também é experimentação e combinação, então tente usar tudo o que você aprender a partir do primeiro dia. Não importa se está certo ou errado, o importante é passar a mensagem.
  • Traga o idioma para o dia-a-dia. Busque situações nas quais possa se expor ao idioma. A internet está cheia de ferramentas que possibilitam a prática diária do idioma, mesmo que você não tenha com quem praticar regularmente.

O sistema de ensino Brasileiro não ajuda muito, mas o aprendizado de um novo idioma pode se tornar muito mais fácil quando é relevante. É por isso que estudar um idioma dentro do ambiente corporativo pode ser muito mais eficiente, pois o próprio local ajuda a aproximar a teoria da prática. O próprio espaço físico ajuda a reforçar a relevância, literalmente trazendo o idioma para o espaço onde se realizam suas atividades profissionais no dia-a-dia.

 

 

Desenvolva sua carreira: 3 dicas para acelerar o aprendizado do Inglês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo
Exibir bot�es
Esconder bot�es